"Cortando o Cordão Umbilical" = João Pedro vai à escola!


Sabe que quando o João nasceu, a parteira o colocou sobre minha barriga antes de cortar literalmente o cordão e o mocito se manteve o tempo inteiro com os olhos lindos bem abertos, mas sem chorar aquele choro que as mães esperam; aquele choro dos filmes, das novelas, da nossa imaginação... Depois a outra enfermeira o pôs numa bancada bem perto onde eu podia ver todo o procedimento feito nele enquanto era recomposta; e o mesmo foi limpo, pesado, sempre observando tudo e só chorou quando foi lhe aplicada a primeira vacina da sua vida. Meu machinho abusado! #Deliciadelembrança! 




A  minha cabeca quase fundiu… Chegamos na escolinha as 8h, mas as 6hs Joao ja estava com a corda toda. Animado, nosso bom dia foi orquestrado pelo canal panda e DVD patati patata com ele cantando todas as musicas nem parecendo ser inicio, bem inicio do  dia. Na escola foi entrando, pediu pra tirar mochila e correu pro parquinho, depois pra sala onde se sentou com os coleguinhas, nos deu tchau e não olhou mais pra traz. SIMPLES ASSIM!
Eu ainda fiquei la, o pai também ficou, ambos olhando ressabiados, esperando a hora que ele nos procuraria; demos mais uma volta, (quase 180º no mesmo eixo), voltamos a secretaria pra atualizar os contatos ( como se precisasse) literalmente perdidos, desarmados. Porem o meu (???)rapazito já tinha se despedido e tão certo como sua personalidade marcante, não olhou mais pra traz. Depois de repetir umas 5 vezes pra professora que caso fosse preciso  me ligasse sem receios, voltei pra casa. As 12 não agüentei a ansiedade e liguei pra saber dele.
 _  Mama, ele esta bem. Sempre brincando e nao chorou em  nenhum momento. (???!!!!) Ufa, era isso mesmo que eu queria ouvir...)RS 

  • ·         Na semana seguinte, ele chorou todos os dias na entrada.
  • ·         Na terceira semana, ele ficou resfriado e  não agüentei levá-lo resfriado e entregar chorando, então ele não foi.
  • ·         Estamos na quarta semana que se iniciou com choro, mas a professora garantiu que e so na entrada, depois ele relaxa. E já constatamos isso, fazendo algumas visitas fora de hora. Ontem por exemplo na chegada, minutos depois que toda a turma, ao aparecer na porta da sala, os coleguinhas a gritarem, João Pedro chegou! João Pedro chegou! Olha pefessora! Quando o Pai foi buscá-lo, o encontrou puxando um trenzinho, enquanto cantava: vamos La, vamos La.  Foi ele avistar o pai, que correu pro seu colo e o trenzinho se desfez. A professora então só reforçou: -  viu pai, ele canta, dança e puxa a turma sempre. Entre outras coisas como já ter convidado a professora pra ir de avião visitar a Vovo  e a Pi ( minha mãe e Irma) no Brasil. RS. Bem ele!!!!! 





           

O DIA DAS CRIANÇAS

aqui em casa são todos os dias! nesse dia 12 em especial, acho que ele deve ter ganhado mais beijos e apertos, cada vez que a tv nos lembrava. Mas teve de tudo um pouco: a birra de sempre, dessa vez porque ele queria ficar pintando a mão no papel o dia todo (fazendo a maior lambança!), a alegria, as gargalhadas de quando dançamos juntos, ao brincarmos de esconde-esconde, a chatisse de sempre em ter de assistir patati & patata umas 500 vezes no dia, ouvir, cantar e repetir,  a emoção de ver seus olhinhos brilharem de encantamento com as histórias, os contos mais hilários tirados dos gibis da mônica e sua turma; ihhh uma infinidade de coisas que dá pra desconfiar se acontece mesmo  num único dia, mas tenha certeza, na casa do João Pedro sim. No final do dia, mesmo com uma chuvinha fria, fomos juntos com a vovó sentir o calorzinho gostoso do teatro assistindo o musical {Riante!} do grupo Circo da Silva. Um delícia de  musical  pra fechar o "dia das crianças". João gostou tanto que além tentar  repassar o show todo ao chegar em casa, no dia seguinte depois do banho ele foi pra porta e me chamou,  - mamãe! vem, irco(leia-se circo)rs.
Obrigada filho por me fazer feliz todos os dias! 
 Brinquedo aqui não tem dia certo pra chegar, a não ser que seja aniversário.  Fora isso pode ser no proprio dia 12/10, pode ser no dia 2,no dia 7, em qualquer dia que eu passe por uma loja e lembre dele ou que eu decida ir compra-lo. Mas com certeza não é no dia que o comércio em "conluio" com a mídia determinem que eu tenha que presentear meu filho com suas mercadorias. Não mesmo!
Ah como eu queria que todas as crianças tivesse pelo menos esse dia de alegria. Todas mesmos daquelas que estão abandonadas nas ruas às que estão com seus brinquedos caros nos braços.

Felicidades sempre à todas as crianças do mundo!


Reflexão: Parece piada grotesca repetir essa nomenclatura "Dia das Crianças", do ponto de vista que estipularam , digo o comércio estipulou, um único dia pra darmos atenção ao futuro, quando na verdade a intenção é  velar o "falso" ideal e aumentar o consumo desenfreado. Durante toda a semana a mídia noticiou ofertas, as campanhas publicitárias não deixaram a desejar em função do tal dia. Não percebi uma notinha sequer dos meios competentes em direitos da crianças, sobre seus direitos ou mesmo uma mensagem dos próprios comerciantes em seus apelos publicidade que falasse dos cuidados/deveres que a sociedade deve dar/ter com os pequenos. Tendo em conta o fato de que a maioria da populaçao brasileira só tem acesso ao canal aberto dos meios de comunicação.

Nota: Em temporada no Brasil,impossível me manter imparcial a tal realidade, por isso a reflexão. Afinal minha essência é dividida por 2. Uma parte Brasil e a outra Angola. Essa última por sinal comemora o dia das Crianças em 1º de junho e embora a data seja a mesma comemorada na Europa e restante do mundo por ser  decretado o dia Mundial, o movimento comemorativo se assemelha ao Brasil.

 
Imagem: Foto divulgaçao do musical {Riante!}, do grupo Circo da Silva, retirada do google

Angola... no meu coraçao

Família Chocolate Familia Chocolate

Joao Pedro

Meu Herói

João Pedro João Pedro

Agosto Delicioso

2 anos do meu bombom

2 anos do meu amor 2 anos do meu amor

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...